24 de nov de 2009

Meu Corpo, Instrumento Teu!





Em minha mente já se encontram as partituras,
Composição, junção, abraçando em um só tempo, eu, instrumento e voz,
Meu corpo instrumento, à espera de tuas fadadas mãos,
No meu íntimo, a voz à espera do primeiro tom, seja “fá, sol, lá, si ou dó”;

Toque-me!
Toque meu corpo, instrumento a te esperar,
Que da minha boca a suspirar saia a primeira nota,
No timbre perfeito! Minha voz a pronunciar!

Toque-me!
Conduza meu corpo, violino teu!
A vibrar com o toque dos teus acordes, unindo nossos sons em perfeita harmonia,
Que da minha boca saia a mais perfeita melodia!

Toque-me!
Mas cale dessa vez minha boca, cale minha voz com um beijo teu,
Deixe fluir apenas o ritmo do teu corpo sobre o meu,

Toque-me!
Conduza meu corpo, saxofone,
Toque-Me, já o sinto em minha “boquilha”, toque meu corpo que tua boca recebeu,
Tira de mim as mais belas notas, para entoar nos ouvidos teus!

by Metrílica;-*

Perdido...

¿Como es posible cambiar así?
¿Que me has dado para desear envejecer a tu lado?

Yo, que no hablaba por no molestar,
que callaba por no interrumpir...

Era un maestro en saber escuchar,
maestro en decir que si a todo,
por no reprochar...

Ahora estoy perdidito en ti
Perdido en tu hermosura, como en una selva virgen
Perdido en tus sentimientos, como en un torbellino de pasiones
Perdido en tus emociones, como en una montaña rusa de placeres.

Encuentrame para estar juntos
Encuentrame junto a tí
Encuentrame mi amor.

22 de nov de 2009

"Conselhos de um Velho Apaixonado"_Carlos Drumond de Andrade





Quando encontrar alguém e esse alguém fizer
seu coração parar de funcionar por alguns segundos,
preste atenção: pode ser a pessoa
mais importante da sua vida.

Se os olhares se cruzarem e, neste momento,
houver o mesmo brilho intenso entre eles,
fique alerta: pode ser a pessoa que você está
esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo
for apaixonante, e os olhos se encherem
d'água neste momento, perceba:
existe algo mágico entre vocês.

Se o 1º e o último pensamento do seu dia
for essa pessoa, se a vontade de ficar
juntos chegar a apertar o coração, agradeça:
Algo do céu te mandou
um presente divino : O AMOR.

Se um dia tiverem que pedir perdão um
ao outro por algum motivo e, em troca,
receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos
e os gestos valerem mais que mil palavras,
entregue-se: vocês foram feitos um pro outro.

Se por algum motivo você estiver triste,
se a vida te deu uma rasteira e a outra pessoa
sofrer o seu sofrimento, chorar as suas
lágrimas e enxugá-las com ternura, que
coisa maravilhosa: você poderá contar
com ela em qualquer momento de sua vida.

Se você conseguir, em pensamento, sentir
o cheiro da pessoa como
se ela estivesse ali do seu lado...

Se você achar a pessoa maravilhosamente linda,
mesmo ela estando de pijamas velhos,
chinelos de dedo e cabelos emaranhados...

Se você não consegue trabalhar direito o dia todo,
ansioso pelo encontro que está marcado para a noite...

Se você não consegue imaginar, de maneira
nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado...

Se você tiver a certeza que vai ver a outra
envelhecendo e, mesmo assim, tiver a convicção
que vai continuar sendo louco por ela...

Se você preferir fechar os olhos, antes de ver
a outra partindo: é o amor que chegou na sua vida.

Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes
na vida poucas amam ou encontram um amor verdadeiro.

Às vezes encontram e, por não prestarem atenção
nesses sinais, deixam o amor passar,
sem deixá-lo acontecer verdadeiramente.

É o livre-arbítrio.

Por isso, preste atenção nos sinais.
Não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem
cego para a melhor coisa da vida: o AMOR !!!

Carlos Drumond de Andrade

20 de nov de 2009

Tu és meu "Tempo"


Tu és meu tempo...Tu és a fórmula do esquecimento!

Tu és o remédio para minha dor!
Tu és o que me torna forte, perseverante!
Tu és quem me cura, quem me restabelece a vida!
Tu és quem enche minha memória de alegrias!
Tu és quem transforma meu mundo!
Tu és quem me ressuscita, quem me faz reviver!
Tu és meu "Tempo", Tu és minha nova vida!
Tu és meu anjo...Tu és minha esperança!...
Tu és MEU GRANDE E ETERNO AMOR!

Te amo
by Metrílica ;-*

Confusión...

Ayer casi desfallezco, casi muero
Pensando que te perdia.

Me quede mudo, mi mundo se detuvo
Pensando en la despedida
Pensando que te perdia.

Por un instante pense
Se ha terminado... ¿Porque?
Mas no sabia la respuesta.

La pesadilla ya termino
Desperte y sigues conmigo.

Las palabras son a veces traicioneras aliadas
A veces nos confunden, nos mienten y nos hacen sufrir.

Tempo...amigo tempo!



Tempo...é essa a formula do esquecimento...tempo,


Tempo...é esse o remédio da dor...tempo,

Tempo que cura, que restabelece a vida,

Tempo que apaga, que limpa, que risca o passado da memoria,

Tempo que transforma, que converte tristeza em alegria,

Tempo que ressuscita, que faz reviver,

Tempo que corre manso...tempo amigo...tempo!

by Metrílica ;-*

19 de nov de 2009

"Soneto do Amor Eterno" _Vinicius de Moraes





"De tudo, ao meu amor serei atento

Antes e com tal zelo, e sempre e tanto

que mesmo em face do maior encanto

dele se encante mais meu pensamento.



Quero vive-lo em cada vão momento

e em seu louvor hei de espalhar meu canto

e rir meu riso e derramar meu pranto

Ao seu pesar ou ao seu contentamento.



E assim quando mais tarde me procure

quem sabe a morte, angustia de quem vive

quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):



Que não seja imortal, posto que é chama

Mas que seja infinito enquanto dure."



*Vinicius de Moraes*

Ah!! Se eu pudesse!



Ah! Se eu pudesse...

Se eu pudesse criar asas e voar...
Se eu pudesse com meus braços navegar...
Romperia as correntes, voaria incansavelmente...
Atravessaria o Atlântico a nado!, só para poder te amar!
Ah!! Se eu pudesse!

Se eu pudesse em água me transformar...
Se eu pudesse ser a água desse imenso mar...
Me agarraria às correntes oceânicas...ou me deixaria levar pelos ventos ...
Viajaria incansavelmente...para minha vida ao teu lado recomeçar!
Ah!! Se eu pudesse...!!!

by Metrílica ;-*

18 de nov de 2009

Sensaciones

Que triste es mi vida sin ti

Que oscura, sin que tus ojos la iluminen
Que fria, sin el eco de tu voz
Que distante, si no llego a ver tu sonrisa.

Que dichosa, cuando nuestros ojos se cruzan
Que increible, si tu boca deja escapar una sonrisa
Que dulzura, cuando te escucho pronunciar mi nombre.

Mi corazón se desboca cuando se siente cerca del tuyo
Se acelera, cuando damos paso a la pasión
Se enternece, cuando nuestras almas se juntan por amor.

Tu Anibal Enamorado.

16 de nov de 2009

“Me has desarmado”



“Me has desarmado”

Te amo, te adoro, te nescessito, te quero, te desejo...sinto por ti os mais belos e profundos sentimento que se pode ter por um ser humano tão especial como tu...te respeito, te admiro...
Acho que ambos estávamos carentes de sentimentos sinceros..de amor...de afeto...coisas boas...de companheirismo...de cumplicidade...carentes de vida...

“ooohhh dios
eres el alimento que me hace vivir
eres el aire que a veces me falta
eres la luz que quiero que me acompañe siempre”

...meu poeta...te dou o livro em branco da minha vida...par que escrevas nossa história nele...da maneira que quiser...da forma linda que só tu sabes fazer...escreva nossos mais belos e profundos sentimentos...escreva...és o autor da minha nova história...te amo...

“te quiero
te quiero amar
te quiero acariciar
te quiero besar
te quiero”

me beijeee!!!
me acaricieee!!!...como só tu sabes fazer...

“si mi vida quiero hacerlo quiero recorrer todo tu cuerpo con mis manos
quireo susurrarte al oido como te deseo
quiero
quiero”

Ohhh, meu poetaaa...
...te digo meu poeta...que as lágrimas que agora dos meus olhos caem...são lágrimas de amor...lágrimas de alegria por ter sua alma...por sentir tua presença tão perto...porém também são lágrimas de tristeza por te desejar tanto e não poder te tocar...não poder sentir teu gosto...teu sabor...teu cheiro...sentir você...Deus! como EU TE AMO...

...sim...lágrimas...lágrimas um tanto doce...porque sei que tua alma me pertence...porém, um tanto amarga...por não poder te tocar...lágrimas...
mesmo com tantas lágrimas...
...te quero!
mesmo que essas lágrimas não parem de cair...
...te desejo!
mesmo sentindo o gosto amargo que elas deixam...
...te amo!
és minha vida...

são meus sentimentos...

és fonte inesgotável de inspiração...

“uuuffff vida mia me has desarmado!
haces que mi corazon se desboque...
haces que mi cabeza enloquezca...
haces que mi pecho suspire y suspire...
solo se que cuando estoy contigo mi corazon se acelera!!”

então somos dois...com corações descompassados!
...estes corações que querem pular do peito em busca do amor...

By Metrílica ;-* and Anibal Minotaur

Medo!!odeM



Tenho medo...


medo de te perder um dia...

medo de nunca conseguir te ver

medo disso acabar

medo de você de repente se cansar...

medo medo medoooo!!!

sabes que sou sincera,

digo o que sinto!

medo pela distância

medo por nossas vidas tão diferentes

medo pelos nossos amados

Medo!

medo de se tornar impossível nossa relação

medo de nada se concretizar

medo de ter que tocar a vida sem ti

medo de um dia ser obrigada a te esquecer!

Medo! Tenho medo!

By Metrílica ;-*

14 de nov de 2009

Antes y ahora


Cuando te conocí, me impactaste.
Era otro mundo ya eras perfecta.
Era otro mundo y queriamos estar juntos.
Solos los dos. Bailando.

En este mundo tambien me impactas.
Es este mundo y eres perfecta.
Es este mundo y queremos estar juntos.
Pero no solos. Pasando nuestra vida juntos.

"SAUDADE"


por Anibal Minotaur, para Metrílica.


Sentimientos acelerados de nuestras almas

Amor incontrolable. Te quiero mi vida

Unidos para siempre, siempre. Tu eres yo, yo soy tu

Deseos que no se pueden apagar en soledad

Algun dia, mi vida, algun dia

Dias de amor correspondido. Dias de plenitud

Esperanza de un dia poder verte, poder amarte



Si no existieras tendria que inventarte, porque
algo tan perfecto no puede ser solo un sueño

Si no te hubiera conocido mi vida estaria vacia
Porque tu llenas mi existencia.

Te amo.



Tu Amor perdido sin ti.

Enamorados_coment por Joaninhavoa

Comments

Sábado, 07/11/2009 - 17:46 — Joaninhavoa

P/Metrílica, de Joaninhavoa

O dito é prometido
Então vem delicadamente
fazer tudo isso
E me afagares os sentidos
despidos à espera de ti.

Lindos os "Enamorados"!
Joaninhavoa
(helenafarias)
07/11/2009

Si fueras brisa_coment por Claudio Fischer

Comments

Quarta, 11/11/2009 - 14:45 — Claudio fischer

Claudio fischer / Metrílica

Yo nunca conocí y que yo soy, yo soy pequeño, soy grande, soy esto, que no tiene una definición, pero ahora soy una hoja en blanco, que se convierte en noble para ser impreso en su palvras, donde está la poesía y me hace importante.
mi voto. ¡salud!

Se fueras brisa_coment por Joaninhavoa

P/Metrílica, de Joaninhavoa

Si tu fueras luciérnaga, te vuelvia a encontrar
mi amor sin rosa! Mi amor al revés

(Tradução...)
Se tu fosses pirilampo, voltaria a encontrar-te
meu amor sem rosa! Meu amor ao contrário

Joaninhavoa
(helenafarias)
07/11/2009

Gula _ por Claudio Fischer

Comments

Sexta, 13/11/2009 - 13:37 — Claudio fischer

Claudio fischer / p. Metrílica

Sou um verme a devorar tua poesia...
O parasita a sugar tuas palavras.
Alimento-me das letras que você uni com tanta perfeição, da palavra viva e sadia e da frase esguia e gostosa que se apresenta e me seduz.
Encho a barriga nos teus poemas e me faço mais forte a cada pedacinho de sentimento que absorvo impregnado em tuas letras unidas.
Bebo teus versos, embriago-me de palavras que por vezes doce, por vezes acre e amarga atiras a minha boca faminta.
A obesidade mórbida da minha alma não há remédio que cure, sou insaciável de letras que se unem a sentimentos, e isso que agora lê, é apenas o que minha alma regurgita farta, porem insaciável por uma alimentação regrada a letras, versos e poemas dessa substância quente que vem dos sentimentos teus...
Agradeço a todos que aki tem me alimentado...
*Joaninhavoa
*Osiel Ferreira ...
*Bira Melo
*Dirceu Marcelino
*Edson Milton Ribeiro Paes
*ek
*Carmen Lúcia
*Paulo Gondim
*Ceci_Poeta
*Lu Lena
*Metrílica
*Enise
*von buchman
*Carmen Vervloet
*Elias Akhenaton
*ivaneti
*Jonas Melo
*Fernanda_Queiroz
*DeusaII
*leo de clercq
*gilsanjes
*ANACAROLINALOIRAMAR
*Rozeli Mesquita...
*Alvaro Sertano

MEU VOTO, ADMIRAÇÃO E AGRADECIMENTO...
Teu nome esta no meu blogue, esta na minha "gula"
"GRANDE FONTE, LIMPIDA E SAUDAVEL"

"Abrazarte" _ por Joaninhavoa

Comments

Sábado, 07/11/2009 - 18:43 — Joaninhavoa P/Metrílica, de Joaninhavoa

"Quizás abrazarte no sea
la otra luna
Vazias de pranto y suenos
brandos
Ah mi corazón canta! Canta
disperto de silencios
Cae nieve
de rosas blancas
Y mi alma está blanca
de nieve!"

Joaninhavoa
(helenafarias)
07/11/2009

13 de nov de 2009

As palavras fluemmm

"choro de alegria quando te vejo...choro de saudade quando não estás...choro com vontade de teus beijos...quero um dia te encontrar...!!! (vês, ?! as frases flueeem contigo)

Sou Teu Campo...Sou Teu Prado...


Sou Teu Campo...Sou Teu Prado...

Repousa sobre mim,
Sou teu campo, tua terra;
Mantenha-me aquecida,
Mantenha-me preparada,
Mantenha-me bem cuidada...

Sou teu campo, sou tua terra,
Na espera de teus cuidados,
Deita-te sobre meus prados,
Acaricie a relva que te aconchega...

Cuida-me com tuas mãos,
A terra bem tratada natura fértil;
Vem e planta-te em mim, minha semente,
Cuida-me, para ver brotar, crescer e desabrochar a flor...

Planta-te em mim com todo teu amor,
Planta-te em mim com todo o teu desejo,
Planta-te em mim com toda tua insensatez, toda loucura,
Planta-te em mim profundamente, para que a raiz se torne forte...

Plantas-te, cuidas-te da tua terra, o teu campo,
Venha e faça tua colheita,
A semente plantada germinara, tornara-se botão, tornara-se flor,
E desabrochara com teus cuidados, com teu amor...

By Metrílica ;-*

12 de nov de 2009

Cuando el corazón manda


Cuando el corazón manda, no hay lógica posible
Cuando el corazón dicta, no existe otra opción

No hay distancias, no hay edades, no hay temores
Cuando amas, cuando quieres, cuando añoras

El corazón es sabio, es fuerte
Y todo lo puede.

"Deseos"


Versos escritos por "Anibal Minotaur" para Metrílica_novmbo 2009



"Quisiera besar tus labios
Quisiera acariciar tu piel
Quisiera oler tus cabellos, tu fragancia

Quisiera ser el sol que te calienta en la mañana
Quisiera ser la lluvia a la que miras por la ventana
Quisiera ser la brisa que te refresca cuando paseas

Quisiera ser la sabana que te arropa por las noches
Quisiera ser la ropa que te viste todo el dia
Quisiera ser el agua que te refresca en la ducha

Quisiera ser la espuma que te acaricia durante el baño
Quisiera ser el aire que respiras
Quisiera ser las nubes que ves pasar en el cielo

Quisiera ser las hojas que pisas en el otoño
Quisiera ser la musica que escuchas en la radio
Quisiera ser la oscuridad que te cubre mientras duermes

Quisiera ser las palabras que salen de tu boca
Quisiera ser tu corazon para estar siempre en tu pecho
Quisiera ser cualquier cosa para estar cerca de ti


Tu amor. Tu Enamorado"

11 de nov de 2009

Papilho


Que se converta em flor então nobre papilho, que seja semeado em meu coração, que crie raízes, para que sempre possa ser minha fonte de vida, figura inspiradora!

Duas Almas em Poesia

"Si fueras brisa, yo seria tu mar"
e navegaríamos juntos nessa imensidão...

"Si fueras luna, yo seria tu noche"
e seguiríamos toda uma vida juntos...

"Si fueras musica, yo seria tu acorde"
e viajaríamos no embalo, entre as notas da canção ...

"Si fueras luz, yo seria tu sombra"
e encontraríamos o equílibrio, para chegar a perfeição...

"Si fueras una cancion, yo seria tu letra"
e faríamos uma linda melodia...

"Si fueras una flor, yo seria tu nectar"
e encontraríamos nossa essência...

"Si fueras Reina, yo seria tu corona"
e governaríamos um reino que é só nosso...

"Si fueras "Rainbow", yo seria "Whitesnake" "
e chegaríamos ao delírio, envolvendo nossos corpos num rock perfeito!!!

by Metrílica ;-* and Anibal Minotaur
(adaptado por Metrílica, poema "Se fueras brisa" de Anibal Minotaur)

"Quizás solo sea un sueño"

poema escrito por "Anibal Minotaur"
for Metrílica ;-*_novembro de 2009.

"Quizás solo sea un sueño
Solo uno mas de tantos
Pero que bello sueño,
Tenerte entre mis brazos.

Quizás no sea verdad
Quizás al despertar lo sepa, al fin.
Y ya no estés, quizás...
No estés conmigo aquí.

Y entonces, ¿para quien?
¿Para quien tocaré el piano?
¿Con Quien buscare las estrellas del cielo cada noche?
¿A quien le daré mi calor mientras duermo?

Porque abrazarte es lo que quiero
Estrecharte con fuerza entre mis brazos
Sentir tu cuerpo cuando hacemos el amor
Oir tu voz y tus suspiros

Ahora me vale tu sonrisa
Ahora tus ojos me llenan al mirarme
Derriten mi alma ya lo sabes
Cuando me mitas y te miro

Te deseo mi vida"

by "Anibal Minotaur"

"Enamorados ;-* "

Lábios para beijar teus lábios,
Lábios para beijar teus olhos,
Lábios para beijar tua face,
Lábios para o desejo explorar,
Lábios para os teus beijar;

Olhos para olhar teus olhos,
Olhos para buscar tua alma,
Olhos para seu deleite,
Olhos para te enfeitiçar,
Olhos para teu olhar;

Olhos para te admirar,
Lábios para te saborear,
Olho nos teus olhos para me encantar,
Beijo teus lábios para meu desejo afagar.

novembro 2009
(for Anibal Minotaur)

Crescidos Na Dor

Nascido em berço jovem
Mesmo hoje já sendo um homem
Leva na mente uma lembrança
Muito triste de quando criança;

O pai, era único filho homem
Portanto, bajulado da família
Quão grande foi a decepção desta
Quando o “menino”, fez embaraçada guapa menina;

Amarrados às tradições,
Não pouparam o jovem rapaz
A família que antes foi berço
Agora, tornara-se capataz;

Fez o “menino” crescer de repente
Jogaram-no ao mundo, para tornar-se gente
Tirando-o do berço, do rebanho
Fazendo-o abandonar todos os seus sonhos;

A vida adulta, agora se faz presente:
"Pegue a guapa menina, o que ela carrega no ventre
Assumam suas vidas, agora neste instante
Esqueça do seu berço, e caminhe daqui por diante";

Assim fez o jovem casal, ainda tão pouco preparados para a vida
Assumiram a responsabilidade,
O “menino” tornou-se homem,
E a guapa “menina”, mulher de verdade;

Depois de meses, por desalento
Veio ao mundo o primeiro rebento,
Um lindo menino, que glória!!!
Mas pairava ainda a incerteza da vitória;

Os anos se passaram,
E o casal aumentou sua prole
O primogênito, o segundo e o terceiro
Mas o destino se mostrou traiçoeiro...

Devido às dificuldades da vida
A guapa “menina”, agora mulher
Se pôs a trabalhar duro,
Para garantir à cria um futuro;

O homem, agora marido e pai,
Devido às inexplicáveis obras do destino
Viu-se perdido, sem saída, se rumo
Quando viu a fonte do seu sustento se esvaindo...

Após tamanha decepção, remoendo seu passado
No fim, se pôs derrotado
Encontrando, com tamanha tristeza
A única saída num copo de bebida, em cima da mesa;

Daí por diante, sofreu a mãe, sofreu a mulher
Sofreram os filhos, sua prole
Diante da indiferença, e das palavras duras
Que ecoavam aos ouvidos, e doía no peito, a cada gole;

Hoje o rebento, o primogênito, mesmo sendo homem
Traz consigo na sua memória a lembrança
Das tristezas que ouvira e vivera quando criança
Na certeza de que a única coisa que NÃO quer, É SER ESPELHO DE SEU PAI, COMO HERANÇA.

outubro de 2009 (for my Spanish LOVE)

Saudades Do Que Ainda não Se Tem



Uma imagem, miragem, fantasia
Libido, desejo, curiosidade
Querendo redescobrir a liberdade
Assim nos descobrimos naquele dia

Foram momentos de puro êxtase
Palavras e ações desenfreadas
Corpos em busca da experiência perfeita
Duas almas distantes e desvairadas

Quem diria, que a vontade de possuir só aumentaria
Que a alma se inquietaria
Hoje, não somente curiosidade
Mas sim um pacto e cumplicidade

Troca de sonhos, de desejos
Crescendo a cada dia em lampejos,
Tampouco a libido se perde
Fazendo com que o coração se aperte

Ao fechar meus olhos no fim da tarde
Meu corpo em chamas se arde
Resta então o coração no peito reprimindo
E a vontade de ter você aqui comigo

De tudo, só me sobram lembranças
Que em alma se alcança
Mas meu corpo deprimente
Em saudade assim o sente

Saudade de tuas palavras doces
Que nos meus ouvidos ecoam
Desejos contidos neste meu corpo
Como cascata escoa

Saudade do toque de suas mãos
A percorrer o meu corpo em ilusão
Saudade da tua língua, do teu beijo doce
Que em meus lábios repousam como se assim fossem

Apenas após receber outra palavra tua de carinho
Imaginadas saindo de tua boca, devagarinho
Seja através de um simples texto, seja através de uma linda canção que o toca
É que consigo minha alma aquietar e assim meu corpo repousar

Repousando na esperança de descobrir o novo dia que vem chegando
Em corpo e alma, não tardará, nós dois viajando
Na certeza de encontrar um paraíso, um lugar
Para toda a nossa historia se concretizar...

Outubro_2009

Sem pudor

Quero você assim, alma, corpo, semente,
Assim, sincero, meigo, inocente

Quero você assim, agora, já neste instante,
Assim, nesta fúria, paixão incessante,

Quero você assim, branco, sem rumo, sem alma,
Assim, sem pudor, profundo, que minh´alma acalma,

Quero você assim, nu, despido, sem armas,
Assim, no meu mântra, meu carma, meu dharma

Quero você assim, único, sem controle, desvairado,
Assim, intenso, completamente por mim apaixonado.

Quero você assim, louco, exaltado, com furor,
Assim, intenso, profundo, sem pudor.

Fraco

É você invadindo meus pensamentos novamente.

Porque não me tomas como tua!
Só uma vez, só por uma noite.

Ah, estou possuída por um ímpeto instintivo,
como gostaria de tê-lo aqui, por um minuto ou algumas horas,

De possuí-lo, aconchegar-te em meu peito
Perder por instantes minha lucidez!

Não o vejo, não o posso tocar,
Mas minha alma vai te buscar.

Palavras, palavras que imagino saídas dessa tua boca, que me fazem delirar,
Me perco, me excito, enlouqueço!

A distância é segura, segura demais,
Não arriscarei com certeza, porque só eu sei do que sou capaz!

Teus olhos, teu sorriso, tua boca, jamais terei, jamais tocarei,
São coisas de outro mundo, coisas que à outra “pertencem”.

Somente a tua imagem já me acalenta, então a alma desce,
Mas tenha certeza, que meu corpo padece.

Tu és inspiração para meus pensamentos,
Tu és fonte de devaneios!

Imagino que ninguém lúcido,
Pode sentir ou pensar algo assim!

Mas é isso que tu me faz,
Despe minha consciência!

Mas a distância é segura, segura demais,
Segura o bastante, pra que esse meu desejo descanse em paz!

Um passo de cada vez...

Caminho, um passo, um passo de cada vez,
Caminho, um passo, paro e olho outra vez,

Caminho, um passo, um passo de cada vez,
Caminho, um passo, amor, paz, onde encontro vocês?

Procuro, um passo, começo tudo outra vez,
Não acho, um passo, um passo de cada vez.

Um passo, dois passos, já ultrapasso a barreira outra vez,
Num passo, dois passos, enfim encontrei vocês!

Caminho, dois passos, agora me encontrei,
Caminho, mais passos, e a vida segue outra vez!

Alma Inquieta

Tento ser um ser diferente,
Mas a natureza não mente.

Fico no ar, olhar cerrado,
O que há comigo de errado?!

Penso, logo enlouqueço,
Por que será q nunca me esqueço?

Das fantasias juvenis, que pelos anos se vão,
Como posso ofuscar tamanho clarão?

Não temo o amanhã, como não temo o passado,
Há de chegar novo tempo, tempo de ser amado!

Amado de verdade, amado de corpo e alma,
Amado incondicionalmente, quem sabe a natureza se acalma!