11 de dez de 2013

Alas minh´alma!






Alas minh´alma!

Alas meu corpo!
Porque adoro viver poesia...
Cantada a versos profundos,
Flutua minha alma com doces palavras,
Sentindo como se a suspendesse,

Alas minha mente!
Porque adoro viver poesia...
Respirar teus sussurros,
Acariciando intensamente teu rosto ,
E entre teus lábios... minha língua...
Beber da tua boca,

Alas minha mente!
Adoro!, viver poesia...
Mergulhar nos teus olhos,
Saciar meu corpo faminto
Dessa pele deliciosa,

Alas meu desejo!
Adoro viver poesia...
Minhas mãos moldando teu rosto,
Sentir meu corpo tomado por luxúria,
Querendo consumir –te! de todas as formas!,
Tantas quantas meu desejo quiser...

Ala-me! Quero asas!
Quero viver poesia...
Poesia esta nossa,
Singular,
Única e desmedida poesia!

By Metrílica para meu Anibal Minotaur.




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-No Derivative Works 3.0 Brasil License.


Nenhum comentário:

Postar um comentário